quarta-feira, 16 de abril de 2008

Bento XVI

Hoje, completam-se 81 anos que nasceu na pequena vila de Marktl am Inn na Alemanha, o senhor Joseph Alois Ratzinger, ou se preferirem, papa Bento XVI.
Jovem alemão na época da Segunda Guerra Mundial, Ratzinger carrega consigo o estigma de ter pertencido à Juventude Hitlerista. Embora nunca tenha sido um membro entusiasta e só ter feito parte da mesma porque os jovens alemães eram convocados para tal, seus oposicionistas usam essa participação para tentar macular a imagem do Papa.
A isso, soma-se a imagem de turrão. O fato é que Bento XVI não consegue (e nem tenta) ser tão carismático quanto foi João Paulo II. Mas governa a Igreja com a mesma mão de ferro que seu antecessor. Durante o pontificado de Karol Wojtyla, Ratzinger foi Prefeito da Congregação para a Doutrina da Fé, instituição da Igreja que tem por objetivo julgar os crimes contra a Fé Católica, como heresias e é herdeira do Tribunal da Santa Inquisição, que durante a Idade Média condenou tantas pessoas à morte. Durante o exercício dessa função, Ratzinger calou os principais expontes da Teologia da Libertação, doutrina teológica surgida nos países de terceiro mundo ligada ao marxismo, entre eles, o frei brasileiro Leonardo Boff. Agora, como Sumo Pontífice, mantém as mesmas cruzadas ultra-conservadoras de João Paulo II: é contra qualquer método anticoncepcional, contra o sexo fora do casamento, o homossexualismo, contra a ordenação sacerdotal de mulheres, contra o comunismo e a favor do celibato. Também condena o aborto, a eutanásia e as pesquisas com células tronco, por entender que a vida começa na fecundação. Prega total apoio à juventude e à família.
Embora tenha posições tão conservadoras e ortodoxas, Ratzinger também é um papa que demonstra afinidade com as modernidades: é o primeiro papa a possuir um iPod. Além disso, Bento XVI tem se esforçado para manter o diálogo interreligioso. É contra qualquer forma de discriminação por questões religiosas.
Hoje, o papa encontra-se nos Estados Unidos, país onde a Igreja Católica foi abalada por denúncias de pedofilia envolvendo sacerdotes. Bento XVI comemora seu 81º aniversário em sua cruzada a favor da Moral, da Ética e da Doutrina Social da Igreja.
Em um mundo como o de hoje, a missão do Papa tem sido cada vez mais dificultada. Formador de opinião no mundo inteiro, tem visto a imagem das Instituições religiosas perderem sua importância e convivido com escândalos no seio da Igreja. O valor monetário tem cada vez mais suprimido o valor espiritual. Além disso, a Igreja Católica tem acompanhado o crescimento do Islã. Mas, como Sua Santidade afirmou no dia de sua posse: "Consola-me o fato de que o Senhor sabe trabalhar e actuar com instrumentos insuficientes e, sobretudo, confio nas vossas orações."
Oremos por ele e por todo o mundo.

Um comentário:

Laís disse...

Gente ele tem Ipod???
Mas peraih...que q ele ouve no Ipod?
a-ha!!!!!
Funkaum hehehe
não oh brinkadera. Sacrilégio isso.
Mas a pergunta é pertinente, vai!