segunda-feira, 28 de janeiro de 2008

Romário foi melhor no...

Amanhã, dia 29/01/2008, completam-se 42 anos de uma história de muito sucesso, confusões e genialidade com a bola nos pés. Romário de Souza Faria completa mais um aniversário. E quando se fala na carreira de Romário, é impossível não falar de Seleção Brasileira, Vasco da Gama, Flamengo, Barcelona. Sim, o Baixinho foi o melhor do mundo quando jogava no Barcelona, foi artilheiro de diversos campeonatos por Vasco e Flamengo, foi o craque da Copa de 94 pelo Brasil. Mas sempre se perguntam: onde Romário foi melhor? A resposta: Romário foi melhor no PSV Eindhoven.
Talvez por fatores extra-campo, talvez pela idade ou pelo fato de ter chegado a Europa há pouco tempo, foi no clube holândes que Romário deu show. Marcou 98 gols em 109 partidas, sua maior média de gols até hoje. O Baixinho despontava e exibia genialidade, sendo artilheiro do Campeonato Holandês e da Copa dos Países Baixos, estabelecendo recordes que só viriam a ser quebrados pelo Fenômeno anos mais tarde.
Se fora de campo Romário arranjou confusões e não foi um grande exemplo, dentro dele sua habilidade e genialidade é indiscutível. Um dos maiores jogadores que o mundo já viu jogar completa mais uma primavera amanhã e embora a veracidade dos seus mil gols seja discutível, nunca poderemos duvidar que Romário tem seu lugar na história do Esporte.
E se tivéssemos mais uns três anos de Romário no PSV, aí ninguém duvidaria.
Parabéns, Romário.

Um comentário:

Rodrigo disse...

Se tivessemos Romário por mais 3 anos na Holanda, ele seria 4 vezes melhor do mundo. Acho que o maior erro dele foi ter voltado pro Brasil com 27 anos e no seu auge. Aqui não fez nada em 95/96 e voltou pra Espanha em 97, onde não era mais o mesmo, mas como sempre, agindo com genialidade.
Não sou vascaíno, como todos sabem, mas torço pro Romário. Foi o melhor que eu VI jogar.